terça-feira, 18 de agosto de 2009

ESCRITOS DA LIBERDADE - PARTE 2

Quando pensar em lutar pela paz pergunte o que significa isso?
Será a paz, a ausência de guerras?
Será a paz, o fim dos assaltos?
Será a paz, o fim do tráfico:
de drogas, de armas, de mulheres, de crianças?
Será a paz o fim do tráfico:
de árvores da Amazônia, de animais silvestres, de galo de briga?
Será a paz o sono tranquilo no sofá durante a novela?
Mas o que seria isso?
Dirigir meu carro pelas ruas do Rio ou São Paulo ou Macaé e não ter medo.
Do assalto no sinal de trânsito,
Da blitz policial,
Do carro ao lado.
Será a paz, a mesma dos cemitérios?
Companheiro Dom São Pedro Casaldáliga eterno Bispo do Araguaia e da libertação, interceda sempre por nós e continue cantando em forma de oração por aquela paz, que não nos deixa em paz. (http://www.pucrs.br/mj/poema-paz-34.php)

A resposta, está voando no vento...

video

2 comentários: